Você está aqui: Página Inicial / Próximos Eventos / Aula Magna 2019 com Esther Hamburger

Aula Magna 2019 com Esther Hamburger

Quando 27/03/2019
das 19h00 até 21h00
Onde Auditório da UEIM - Prédio do CECH
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

O PPGIS convida para AULA MAGNA 2019

Fábula ou Mitt hen är Copacabana de Arne Sucksdorff: o Rio de Janeiro visto da sua Babilônia

Com Esther Hamburger (ECA-USP)

No dia 27 de março, às 19h, no Auditório da UEIM (Prédio do CECH)

Resumo

Em Fábula, Moro em Copacabana ou uma Fábula em Copacabana, filme que Arne Sucksdorff fez no Brasil em 1965, a geografia social invertida da Cidade Maravilhosa atrai o cineasta estrangeiro que nos oferece uma visão não idealizada da vida no famoso bairro carioca. Fundo e figura interagem de maneira especialmente interessante, ao longo de um filme que captura as relações das personagens entre si, com os animais e o ambiente em que vivem. Essa apresentação aborda a produção sueca, falada em português, gravada com som direto, com equipe mista, como resultante de uma série de embates entre o diretor estrangeiro, difícil de classificar, e seus jovens alunos. Os equipamentos leves, e capazes de captar imagem e som em sincronia, foram projetados para atender ao anseio de espontaneidade que a televisão e a possibilidade da transmissão ao vivo inspiravam. Os jovens cineastas reagiram irreverentes, com improviso. Fiel a seus rígidos métodos e técnicas, o diretor enfrentou a resistência de alunos sintonizados com Cinema Novo e com os novos cinemas que emergiam no início dos anos 1960. Entre a análise fílmica e materiais de arquivo na Cinemateca Francesa, no Instituto Britânico do Filme e no Instituto Sueco do Filme, a apresentação sugere diversas dimensões abertas pela pesquisa sobre um filme pouco visto no Brasil: a potência da forma de abordar desigualdades sem discriminar; a comparação com outros filmes no mesmo local; a trajetória fílmica e a fortuna crítica de um diretor ambientalista avant la lettre; as ambiguidades entre a ficção e o documentário; entre o clássico e o moderno; entre o nacional e o estrangeiro; as diferenças entre as versões brasileira e sueca do mesmo filme; a visita e a recepção do filme no local em que foi filmado 50 anos antes. 

Esther Hamburger

Esther Hamburger é Professora Titular de História do Cinema e do Audiovisual e de Projeto do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Fez graduação e mestrado em sociologia na FFLCH da USP, e Doutorado em Antropologia na Universidade de Chicago, com a tese Politics and Intimacy in Brazilian Telenovelas, publicada em português como O Brasil Antenado, a sociedade da novela. Foi Visiting Scholar no Center for Latin American Studies da University de Harvard, Visiting Professor no Center for Latin American Studies da Universidade de Michigan e fez pós-doutoramento na Universidade do Texas, Austin.

Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais e Coordenadora do Laboratório de Investigação e Crítica Audiovisual (LAICA). Na FAPESP, é Coordenadora da Área de Ciências Humanas e Sociais

Atua na confluência da Crítica e dos Estudos de Cinema e Televisão, Antropologia e Jornalismo na abordagem de temas como: indústria cultural, história do audiovisual, desigualdades sociais, relações de gênero na televisão, no cinema e nas mídias digitais. A pesquisa aqui apresentada é fruto de Auxílio à Pesquisa da FAPESP.

registrado em: